segunda-feira, julho 20, 2009

Hoje é um daqueles dias...

(foto by Odalisca)
que estou tal qual como o tempo... Murcha... Sem vontade de nada, a última coisa que me apetecia era estar aqui no escritório a olhar para o computador e ver só números e corrigir erros de outros. Olho lá para fora, já se vê solinho, o céu começa a ficar descoberto. Oh praia... Queria tanto estar de papo para o ar, sem fazer nada, sem pensar em nada... E passou mais um daqueles fins-de-semana que questiono as minhas escolhas de vida, começo a pensar que as coisas não eram bem assim... E chega hoje e deparo-me com uma cena que me faz questionar de novo: "Uma nova mentira?". Sinceramente já não sei o que pensar. Está ou não está bem? Está no fim ou não está? Para quê tanta mentira? Falsidade? Eu já não sei em que acreditar... Neste momento estou cansada de tanta cena, gostava que tudo fosse simples... Eu faço para que as coisas sejam simples, mas as outras pessoas acabam sempre por complicar... Para quê? Há tempo que não acontece nada na minha vida de insólito... Calminha, tal como o deserto que se pode verificar no Alentejo... Passear sozinha pelas ruelas, com um bafo de ar quente, parecendo que o mundo parou... não passas por vivalma... Por momentos pensei mesmo que o tempo tinha parado ou que tinha ficado sozinha no mundo... Férias... É isso... É isso de que estou a precisar! Pois... Só para o ano!
Preciso de tomar uma decisão, relativamente aquilo com que me deparei hoje, temi que isso acontecesse... Sinceramente não sei o que fazer ou que dizer... Vou deixar passar... Não quero pensar nisso... Por uma vez na vida conseguirei ser totalmente egoísta? É... Acho que devia pensar mais na minha sanidade mental!
P.S. - Foto foi tirada no cemitério da aldeia (Bencatel)... Um sitio calminho, onde cada vez que entro me faz pensar ainda mais na vida!
**Odalisca**

8 comentários:

* Лαяiα disse...

infelizmente todos temos dias assim, muchos...

Anima-te!

Beijinhus*

Dexter disse...

Não sei porquê mas adorei o texto, acho que me identifico mto com ele. Mas o que gostei mais foi de estar a ler e a imaginar-me mesmo numa ruela com o calor a pairar no ar, sem ver ninguém, e a passear sozinho... Vi-me ali!

Odalisca disse...

Maria: Pois dias murchos, e são tantos... não apetece fazer nada...

Dexter:Isto agora no Verão lá pelos Alentejos é o pão santo de cada dia, tanto calor que se sais à rua à tarde chamam-te maluco e não vês rigorosamente ninguém... Depois é aquele bafo quente sem correr qlq vento e pensas realmente que tudo á tua volta parou... Mas ainda bem que conseguis-te ver-te ali... entendes-te o que escrevi! :)

Dexter disse...

E como eu adoro Évora...só lá fui 3 vezes mas adoro a cidade. E qdo estava a ler o texto pensei naquelas ruas de Évora...deixa lá ver se me consigo fazer explicar...

Tás a ver a Praça do Giraldo n é? Se vieres do Rossio e estiveres a olhar em frente, há umas ruelas p o lado esquerdo n é? Onde antigamente (n sei se ainda existe) havia uma pizzaria que era o Papa Pizza, ou lá o que é... N sei pq mas adorei essa zona...

S* disse...

Oh deus do ceu, deve ser uma gripe da solidão. :|

Odalisca disse...

Dexter: Sim estou a ver, praticamente conheço as ruelas todas, e essas que mencionas-te nem são as mais apertadinhas :) Sei Papa Pizza, já lá fui, mas há anos que não vou lá, nem sei se continua aberto! Sim senhor Dexter, gosta de Évora :) É uma cidade linda não é? Se precisares de guia pelas ruelas, Call me! :)


S*: É a gripe da solidão sim :p
E isto pega-se constantemente lol

Jedi Master Atomic disse...

looooooool Dexter,

"Vi-me ali!"....isto fez-me rir durante uns bons minutos, mas claro que só eu para levar as coisas para a cueca....loooool

Oh Odalisca,

Se queres bafo quente eu no proximo fds vou para o monte do meu tio lá para a zona de Odemira. :P

Dexter disse...

De facto, é uma cidade lindíssima :)

Jedi: E tenho tendência p dizer estas coisas...se soubesses o que eu já disse em directo p a TV, num programa supostamente sério...