domingo, junho 27, 2010

...

Hoje tive de fazer o supra sumo do esforço para me levantar às 6h... No meu caso, e quem me conhece sabe, é um martírio acordar cedo ao fim-de-semana...

Lá fui eu para as aulas de condução, como cheguei mais cedo ao ponto de encontro dirijo-me a uma pastelaria, ali em Moscavide, e peço a meia de leite e um bolinho, sento-me... até aí tudo normal...

Passado um pouco senta-se uma mulher (na casa dos 30) na mesa ao lado... Olha para mim, eu olhava para a frente, mas tinha visão lateral e estava a mancar, e vai de abanar o braço para me chamar a atenção... Eu olho com uma das sobrancelhas levantada naquela: oi?!
"Não pense muito, não vale a pena andar triste."
E eu dou-lhe apenas como resposta um sorriso amarelo, que aquelas horas era o que conseguia fazer.
"Então está sozinha?"
E eu a pensar para mim: não estás a ver o meu amigo imaginário?! Mas pronto fui simpática e lá respondi que sim.

Passado um pouco ela saiu, e depois sai eu e encaminhei-me para o ponto de encontro, "bispei" a moça na paragem de bus e vai de fazer uma pequena mudança de trajectória, coloquei os phones ao máximo (com LP claro) e fiquei à espera do instrutor.

Estava a olhar para o nada... e de repente só me aparece a mulher mesmo à frente da minha cara. WTF?!

Tirei os phones para ouvir o que estava a dizer:
- "Não me estás a reconhecer? Epah desde que pintei o cabelo as pessoas agora não me reconhecem"
- Ah pois... Desculpe mas deve estar a confundir-me com alguém
- "Não não... então não me conheces? falamos várias vezes no autocarro, no 31"
- Pois deve estar a confundir-me, é raro andar nesse autocarro.
- "Epah nunca consegui meter o risco nos olhos como tu. Tens ai o lápis?"
- Não, deixei em casa (aqui já estava a pensar começar a fugir)
- "É pena, senão agora pintavas-me tu. Então que estás aqui parada a fazer?"
- À espera do meu instrutor.
- "Hum, não devia já ter chegado? devias telefonar-lhe"
- Pois é...

E como viu que não lhe dava mais conversa lá bazou. Pode parecer curto o diálogo, mas houve ali muitas pausas em completo silêncio, ela a olhar-me fixamente, com os olhos pintados de amarelo e com o rimel borrado. A sério, desde que estou em Lisboa foi a primeira vez que me aconteceu uma cena destas, no mínimo muitoooo esquisita! Por força que me conhecia, realmente deve andar por aí uma sócia minha!

**Odalisca**

13 comentários:

Rita disse...

Acho que te portaste muito bem em relação a toda a situação

Lia disse...

coisa estranha... eu acho que dizia: "no hablo tu lingua"

Corset disse...

LOOOOL que medo!!!
"não estás a ver o meu amigo imaginário?! "---> morri de rir com isto! ahahahahahah muiito bom!!

Eh pa a gaja era mm psyco!! Que medo!!

Izzie disse...

deve ter-te confundido. ou então era só uma louca carente a precisar de falar com alguém

*_IRINA_* disse...

Ou a senhora não jogava com o baralho todo ou tens uma sósia a passear-se pelas ruas da Capital.

Mil pétalas...

siceramente disse...

essas cenas borram-me todo..

TimTim disse...

Nos dias de hoje nunca se sabe

Olhos Dourados disse...

QUe cena, ao menos não era um gajo!

CG disse...

Achei piada ela querer que tu a pintasses, apesar de não te conhecer de lado nenhum. Tadinha, secalhar só queria conversar com alguém e achou que eras a vítima perfeita :P
Big Kisses

AVOGI disse...

cuidado com as imitações hihi

Odalisca disse...

Rita: :)**

Lia: lol e depois se ela começasse a falar espanhol hum?! :P **

Corset: medo mesmo lol realmente aquilo era obvio que estava sozinha mas pronto :P **

Izzie: acho que era mais a segunda opção! :P **

Irina: acho que é mesmo ela que não tem as cartas todas :P **

Siceramente: gostava de ver tu a passares por estas situações :) **

TimTim: realmente, acontece com cada uma :S **

Olhos Dourados: olha se fosse jeitoso e não fosse psicótico :P **

CG: Pois reparei lá no café ela a querer meter conversa tb com os homens que lá estavam :P **

AVOGI: lol quais imitações? as sócias?

Kikas disse...

devias ter recorrido ao teu amigo imaginário pá. podia ser que ele lhe desse uns murros e pronto, ela já não se metia contigo xD god, que doida, a mulher!

Anuska disse...

Vai na volta é mesmo maluquinha dum todo e embicou contigo hehe