segunda-feira, dezembro 21, 2009

Cansaço...

Finalmente, encontrei algo que exprime de uma forma subtil [ou não] os meus sentimentos por vezes... Sei que consigo ser muito pessimista, ou acrescentar o um ponto ao conto, ser exageradamente exagerada [pleonasmo?]... Mas no preciso momento que li pensei: "Eras tão sábio querido Fernando..."
O que há em mim é sobretudo cansaço —
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.
A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto em alguém,
Essas coisas todas —
Essas e o que falta nelas eternamente —;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.
Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada —
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...
E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
Íssimno, íssimo, íssimo,
Cansaço...
Álvaro de Campos, in "Poemas" Heterónimo de Fernando Pessoa
[Se alguém souber como colocar bem um poema a parecer sê-lo em vez de prosa, agradecia que me explicasse, já tentei de tudo, só blockquote a todas a frases :S]
**Odalisca**

7 comentários:

Gema disse...

Pois eu tentei... nao consegui, mas consigo no meu blog :P
É mt bonito o poema ;)
Bjks e lambidelas

Odalisca disse...

Gema: Pois... toda a gente consegue fazer copy-paste e ficar direitinho e no meu não dá... raio disto pah!
Bonito né? Por vezes identifico-me demasiado neste sentimento :P
Beijokinhas e lambidelas

S* disse...

Canso-me é de gostar dele.

ADEK disse...

Também costumo ter dificuldades com a orientação dos textos. Sai-me sempre tudo ao contrário:S Gostei muito!!

FELIZ NATAL!!*

Odalisca disse...

S*: isso também.... :p

Adek: lol a mim é mais mesmo em poemas, letras de música... :S
FELIZ NATAL Darling :D beijoka*

Drama Queen disse...

Grande Álvaro de Campos! Adoro, desde os maus 16 aninhos.

mary disse...

Este poema é absolutamente maravilhoso. Adoro Fernando Pessoa, acho que escreveu coisas tão profundas, de um modo tão simples, tão verdadeiro, mas que me seria impossivel um dia escrever. Mas ja que não tenho o dom da escrita aproveito o dom de querer ler tudo o que ele escreveu e saber compreender e interpretar e ver-me a mim, ali. Obrigada por me teres lembrado deste poema. É quase uma mão no ombro que diz 'não estás sozinha!'
:) *