quinta-feira, novembro 12, 2009

Alma Perdida

Toda esta noite o rouxinol chorou,
Gemeu, rezou, gritou perdidamente!
Alma de rouxinol, alma de gente,
Tu és, talvez, alguém que se finou!

Tu és talvez, um sonho que passou,
Que se fundiu na Dor, suavemente...
Talvez sejas a alma, a alma doente
Dalguém que quis amar e nunca amou!

Toda a noite choraste... e eu chorei
Talvez porque, ao ouvir-te, adivinhei
Que ninguém é mais triste do que nós!

Contaste tanta coisa à noite calma,
Que eu pensei que tu eras a minhalma

Que chorasse perdida em tua voz

Florbela Espanca

**Odalisca**

14 comentários:

Silvia disse...

Florbela Espanca ... Como adoro os poemas dela ..
Blog 5*

Lia disse...

Florbela Espanca sabia do que falava...

Verinha disse...

andamos muito poética lol

gostei.

Bjks***

Gema disse...

LOL
Hoje é Florbela Espanca???
Tamos bem tamos ;)
Eu prefiro Bocage, é mais sarcástico :P
Bjs

ergela disse...

Estamos assim porquê? O amor corre-lhe mal? Ou viramo-nos para a poesia?


Beijão

Inês disse...

O poema é bonito
Tem algum motivo?

beijinhos*

Odalisca disse...

Silvia: BemVinda :) Para além de poemas lindissimo a senhora era dali perto da minha terrinha ;)

Lia: Sabia muito bem :)

Verinha: De vez enquando gosto de ler um poema :P Vai ver os poemas dela, tem uns mt bons :P BJ**

Gema: Florbela Espanca é muito bom... não ligo muito aos sarcásticos :P bjs

Ergela: Pode ser as duas coisas? :P Apesar de a primeira não estar assim tão mal, tem dias lool :P jinho*

Inês: Sim bonito... tlv tenha :P jinho**

Anuska disse...

Este não é dos que gosto mais, mas fizes-te-me lembrar do melro dos deolinda ahah beijo

White Knight disse...

Florbela Espanca tende a deprimir-me...

a magia da noite disse...

a alma que se perde é gente que sonhou.

Rosa Cueca disse...

sempre adorei a Florbela Espanca.

Tinha panca, como eu, e muitas palavras para gastar :)

(e por muito perdida que ande essa alma, a noite passa sempre)

Odalisca disse...

Anuska: hum esse nao conheço... tenho de ir ler... :P bjoka

White: Mas por vezes certos momentos da nossa vida são deprimentes e ela sabe descrevê-los :P

A magia da noite: BemVindo :)sonhou e voltará a sonhar... assim se espera.

Cuequinha: Grande Panca sim senhor! :)
(Há-de vir o pôr-do-sol... estamos à espera...)

ADEK disse...

Não sou muito de procurar poesia por mim. Por isso adoro ler estas selecções:D*

Jace Beleren disse...

Florbela espanca... o que dizer????
O que me ocorre neste momento é que uma mente tacanha e uma boca grande normalmente encontram-se juntas...
Não consigo gostar dela... vá-se lá saber porquê.