sexta-feira, maio 25, 2007

Love at the first sight

Quase expludo, guardo tudo isto bem lá no fundo Aguardo a tua receita pra trazer ao meu mundo Não me iludo, Mas acredito no sentimento acima de tudo espero que isto fique no pensamento Que te faça sorrir, vibrar de contentamento, Parar por um momento, fazer contas ao tempo,
Já perdido sem sentido, acreditas no destino? Tatuei no braço por saber que me ia encontrar contigo, Arrepiei-me quando vi pela primeira vez o teu sorriso, E enquanto escrevo isto arrepio-me quando penso nisso.
Não sabias disto? Chegou a altura de descobrires, de sentires, tenho uma razão a dar-te para sorrires.
---------------------------------------------------------------------
Ai o amor... Quem o define decentemente? Penso que ninguém... Antes de amar perguntava: "Mas que raio é isso, que sentes? Dores físicas? Bakes no coração??" Nada melhor do que experimentar... Aprende-se, descobres uma nova definição de amor, que só faz sentido para ti... Tipo: Contado ninguém acredita! lol
Perguntam-me agora: E amor à primeira vista? Que é? Já passas-te por isso?
Pensando assim no passado posso dizer que já me aconteceu por duas vezes, talvez a primeira mais intensamente! É algo.... indefinido, algo inexplicado... Estás tu muito bem na tua vidinha pacata quando de rompante o teu olhar recai sobre outra pessoa e.... Boom! Pronto já estás... Só de olhares tens a sensação de arrepio por toda a espinha dorsal, que mantiveste contacto com essa pessoa desde sempre... Um sorriso nos lábios e principalmente nos olhos... Fantástico... O batuque do coração torna-se mais pesado e apressado... UI... O mais incrível é quando é simultâneo, isto é, tanto da tua parte como da outra - reciproco :p
Sensação Fantástica! Recomendo a toda a gente!
Tens a sensação de um déjà vu... Sentes que está predestinado... E quando começa o romance, tudo maravilhoso... O primeiro devido a circunstâncias menos favoráveis tornou impossível a continuação... Mas ficou a grande amizade :p
A segunda encontro-me ainda, após 2 anos (com alguns obstáculos), a vivê-la... Penso que no principio não foi reciproco... Só amor à primeira vista de um lado... Mas com insistência vai-se lá :P
Contem-me as vossas experiências :P
Hoje fico-me por aqui...
Beijokas
**Odalisca**

3 comentários:

Daniel Conde disse...

Hummmmm

Amor à primeira vista; sim, já tive. É como diz a canção: "Cartas de amor, quem as não tem?"... Em nenhuma das ocasiões a coisa foi mais longe que isso mesmo, a intenção. De uma delas, fica uma quase relação de indiferença e afastamento, por razões que agora não são chamadas. Da outra, continua uma amizade meio atribulada e inusitada.

Mas amores há outros, que não os que unem as pessoas: se assim fosse, mal da minha poesia, que seria sempre de amor! Naaaa... Uma pessoa também se apaixona à primeira vista por uma viagem, paisagem, lugar, canção, sei lá, tanta coisa!

E aí sim, posso dizer, que sou um apaixonado inveterado, e totalmente correspondido, não fosse a minha vida a aventura que é!

Jokas trasmontanas!!!!!

PP disse...

Não acreditava... agora ja nao sei o que pensar... Acredito em quimica, em paixao, em reacção... Tudo é tão relativo nestas histórias... Confuso, distante, atraente, inevitável...

Boa sorte :)

****

Bruno_Devil disse...

Acreditar nao acredito...existe atracçao e isso sim pode levar a outras coisas...o amor é algo k se pode ter ao conhecer uma pessoa pk axim ganha-se os elementos necessarios para amar ela...Amor á primeira vista só existe numa situaçao...e apenas essa...quando temos um filho...é kuando uma criança nasce e olhamos para ela e sabemos k havemos de dar tudo por ela e pela sua felicidade...nao me venham com historias, pk ninguem pensa axim kuando ve alguem k venha a amar...nao se consegue olhar para uma pessoa sem a conhecer e dizer "morrerei e irei ate onde for preciso para seres feliz" isso é amor...ao contrario do k se pensa amor nao é lutar para obter algo ou uma pessoa, mas sim lutar pela sua felicidade =)